sábado, 21 de junho de 2014

Alemanha e Gana empatam em Fortaleza

Alemanha e Gana se enfrentaram neste sábado (21), às 16h, no estádio do Castelão, em Fortaleza. A partida, pela segunda rodada do grupo G da Copa do Mundo, trouxe para campo um dos times mais temidos desse mundial, o grupo germânico. Mas as coisas não foram tão fáceis para o time alemão. A partida terminou empatada, com dois gols para cada lado. O jogo, disputado lance a lance, foi definido no segundo tempo, após um início de partida de muita defesa e poucos ataques. 
O pimeiro tempo da Alemanha e Gana foi marcado por posse de bola alemã e uma zaga forte e fechada de Gana. Apesar de alguns lances a gol, nenhum dos times conseguiu abrir o placar. A Alemanha, que deixou a desejar nas criações ofensivas, optou por manter a posse de bola e o toque rasteiro. Já Gana, usou os espaços após o ataque alemão para emplacar um contra-ataque rápido e marcar. 

Pela Alemanha, Kroos, Müller e Götze foram os que mais se movimentaram no ataque no primeiro tempo. Já pelo time de Gana, Atsu, Özil, Muntari se destacaram. Gana teve as chances mais fortes de marcar o que obrigou o goleiro alemão Neuer a fazer duas defesas em chutes fortes de longa distância.

Já no segundo tempo, aos 5 minutos, Müller cruzou da direita e Götze completou para o fundo da rede. Demorou apenas quatro minutos para Gana empatar, após cruzamento de Afful e André Ayew  cabecear no cantinho de Neuer. Confiante, Gana apertou o time alemão e virou o jogo aos 18 minutos, como gol de Gyan, que entrou  livre na área e tocou no canto direito de Neuer para virar o jogo.

Pressionado, o time alemão mexeu na equipe: saíram Götze e Khedira e entraram Schweinsteiger e Klose. Mudança acertada. Com dois minutos em campo, aos 28 minutos do segundo tempo, Klose  marcou após escanteio se a Ronaldo como o maior artilheiro em Copas do Mundo, completando 15 gols. Noelle Oliveira - Portal EBC

Dois menores morrem soterrados em indústria de arroz


A Polícia Civil apura a morte de dois adolescentes soterrados em uma indústria de processamento de arroz no Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia), a 55 km de Goiânia, no último dia 2. O delegado Manoel Vanderic Correia Filho, responsável pelo caso, afirmou ao G1 que imagens encontradas no celular de uma das vítimas comprovam que eles trabalhavam de maneira irregular. "Um deles gravava a diária de serviço e um dos vídeos mostra que eles não tinham supervisão. Entravam em áreas restritas e faziam trabalho braçal. Isso revela a negligência da empresa", disse.

Segundo o delegado, as vítimas Thiago Aprijo, de 17anos, e Ygor Barros, de 16, trabalhavam na Companhia de Distribuição Araguaia (CDA) como menores aprendizes desde outubro do ano passado. Os dois eram deficientes intelectuais e um deles também era deficiente físico, pois tinha um lado do corpo paralisado. "Eles poderiam participar do programa sem problemas, já que o objetivo é aprender sobre a rotina da indústria. No entanto, nunca poderiam exercer funções como um trabalhador efetivo", explicou.

Os adolescentes estavam em um dos galpões da empresa, no dia 2 de junho, quando um fardo de arroz a granel, que pesava cerca de 800 quilos, caiu sobre eles. O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado, mas a dupla não resistiu. "Infelizmente chegamos ao local e verificamos que eles não possuíam mais sinais vitais. Então, apenas isolamos a área para evitar novas quedas dos produtos sobre nós e as vítimas", explicou o tenente José Xavier. O laudo do Instituto Médico Legal (IML) confirmou que a morte foi causada por asfixia.

O G1 tentou contato com a empresa CDA, mas as ligações não foram atendidas até a publicação desta reportagem. Em depoimento à polícia, funcionários negaram que os adolescentes andassem em áreas restritas, sem supervisão de um adulto, e alegaram que no dia do acidente eles encontraram uma porta aberta e entraram no galpão sem autorização.

O Ministério Público do Trabalho (MPT) também investiga o caso e quer saber quais foram as circunstâncias que resultaram no acidente. "Já fizemos duas vistorias na empresa, verificamos as condições, e agora o processo passa por análise", explicou o delegado do Trabalho em Anápolis, Degmar Pereira.

Área restrita
Manoel Vanderic conta ainda que, em um vídeo gravado por um dos menores, é possível ver os adolescentes trabalhando na área administrativa da empresa. Em outra imagem, eles aparecem circulando em áreas restritas, que exigem o uso de equipamentos de segurança, trabalhando na linha de produção da fábrica e até pulando sobre montanhas de arroz.

"Ouvimos testemunhas que relataram sobre a rotina desses garotos e que negaram que eles ficassem em áreas restritas, mas os vídeos detalham tudo o que a gente precisava saber. Eles tinham livre acesso e executavam funções não compatíveis com a de menor aprendiz. Não há dúvidas sobre o nexo entre a negligência da empresa e a morte dos dois".

O delegado ressaltou que o inquérito policial deve ser concluído na próxima semana, assim que o laudo do Instituto de Criminalística for divulgado. Os responsáveis pela CDA e o supervisor direto dos adolescentes, que ainda não foi identificado, devem ser indiciados por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

"Ainda trabalhamos para precisar quem deveria supervisionar diretamente os adolescentes na indústria. Funcionários que já foram ouvidos entraram em contradição, então continuamos a apurar. Mas não temos dúvidas sobre a omissão e vamos remeter isso ao Judiciário", destacou.

Justiça
A mãe de Thiago, a dona de casa Zélia de Souza, afirma que a perda do filho é insuperável. "Fiquei muito triste em saber que meu filho saiu para trabalhar e depois voltou morto. Isso pra mim é o que eu não estou suportando", lamentou.

A irmã do adolescente, Dayana Rosa, ressaltou que ele precisava de acompanhamento em função da deficiência intelectual. "O que a gente quer é que seja feita justiça, pois esses meninos estavam trabalhando há algum tempo em funções indevidas". G1

Jacobina: Trecho da BR 324 registra alto índice de acidentes com veículos pesados

Os constantes acidentes com veículos de grande porte na BR 324, no trecho entre o bairro Jacobina II e o Aeroporto 2 de Julho deve preocupar a gestão municipal e órgãos de trânsito responsáveis pela administração da rodovia.

Nos últimos anos vários veículos capotaram na via e uma pessoa acabou morrendo. 


Há cerca de 2 anos um carro pipa tombou próximo ao Posto Gumiro. Só esta semana em menos de 48h, uma carreta Bi Trem que trafegava em direção a Natal no Rio Grande do Norte e uma caçamba que da empresa CCL que trabalha no asfaltamento da BR tombaram no referido trecho, além de meses atrás um ônibus da empresa Hila Transportes ter  virado no local provocando a morte de uma estudante de 14 anos.


Diante de tantos acidentes é necessário que nossos representantes possam acordar pra vida e solicitarem um estudo a fim de instalarem mecanismos de proteção lateral e sinalizam adequada com o objetivo de diminuir os acidentes neste trecho.

É certo que a real situação em que se encontra a referida BR no trecho que compreende Capim Grosso á Umburanas é de total abandono e propicia ao risco iminente de acidentes, porém já é tempo de voltar o olhar para esta importante rodovia que corta nossa região servindo de suporte para o escoamento de nossas riquezas. Bahia Urgente/Fotos: Augusto Jacobina/Emerson Rocha



Falta de segurança pode ter causado mortes de trabalhadores em Salvador


O Ministério Público do Trabalho (MPT) começa a investigar a morte dos dois trabalhadores da empresa terceirizada MRM/Passarelli, que prestava serviço à Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), e do homem que tentou salvá-los. Segundo o MPT, vistoria inicial já aponta falhas em procedimentos básicos de segurança.

Os funcionários caíram em um buraco de três metros de profundidade na Rua Imperatriz, no canteiro central da Via Regional, no bairro de Cajazeiras IV, na manhã desta quarta-feira (18). Diante disso, um homem, que atuava em um ferro-velho próximo ao acidente, tentou entrar para resgatá-lo e também morreu. Todos inalaram gás e morreram por asfixia.

As vítimas são Antônio Pereira da Silva e José Ivan Silva, além do trabalhador do ferro-velho Gilmário da Conceição Barbosa, 31 anos.

De acordo com o MPT, as responsabilidades pelo acidente estão sendo apuradas. Foram solicitados relatórios que indiquem as condições em que o fato ocorreu. O MPT adianta que a Embasa tem um acordo judicial firmado que estabelece obrigatoriedade de atendimento de normas de saúde e segurança do trabalho em todas as suas obras. 

Um outro funcionário da empresa terceirizada também entrou no buraco para tentar resgatar os operários, mas, ao perceber o forte cheiro de gás, desistiu e conseguiu sair do local. Ele foi encaminhado para um hospital pelo Samu. Os operários estavam trabalhando em uma obra de esgotamento sanitário na Via Regional, informou a Embasa.

Em nota, a empresa de saneamento disse que as mortes foram ocasionadas por "contaminação por gás dentro de um equipamento da rede de esgotamento sanitário que está sendo implantada na localidade". Procurada, a MRM/Passarelli informou que o expediente foi finalizado mais cedo por conta do jogo da Copa e que não tem informações sobre o caso.

Falta de segurança
De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Construção (Sintepav), Irailson Warnoaux, não tinham equipamentos de segurança no local. "Eles deveriam ter colocado técnicos de segurança para verificar as condições de trabalho", relata Irailson. Ele ainda informou que o sindicato denunciou a empresa terceirizada ao Ministério Público do Trabalho (MPT) e ao Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE).

Segundo a Embasa, o consórcio responsável pela execução da obra está investigando a origem do gás, uma vez que a rede de esgoto ainda não está em funcionamento. O equipamento é uma caixa de concreto armado implantada a três metros de profundidade. De acordo com o consórcio, o serviço estava finalizado há três meses e, nesta manhã, os técnicos foram realizar vistoria no local.

A Embasa informou que vai acompanhar o caso e apurar as responsabilidades junto ao consórcio executor da obra. Fonte: G1 

Messi marca aos 45 e garante vitória da Argentina contra o Irã

O cenário no Mineirão estava pronto para uma festa argentina, mas o que se viu foi um verdadeiro sufoco. O estádio em Belo Horizonte estava tomado pelo azul e branco da torcida, o ídolo Maradona estava nas arquibancadas, mas nada disso contagiou a seleção da Argentina, que penou e empatava em 0 a 0 com o Irã até os acréscimos. Mas a equipe tem Messi. Apagado durante 90 minutos, ele apareceu aos 45 do segundo tempo para marcar o gol heroico que selou a vitória por 1 a 0, neste sábado, e garantiu a classificação para as oitavas de final da Copa do Mundo.
E os comandados de Alejandro Sabella podem ficar muito satisfeitos pelo resultado porque as melhores chances da partida foram do Irã. Depois de um primeiro tempo em que os argentinos passaram quase o tempo todo no campo de ataque e esbarraram na retranca adversária, no segundo os iranianos se soltaram, ganharam confiança, foram para cima e só não marcaram porque pararam no goleiro Romero. Quando quase não havia mais esperança, Messi mostrou o que faz dele um dos melhores de todos os tempos.
O gol salvador deve tirar um pouco a pressão de uma torcida que apoiou sua seleção o tempo todo, ignorou o péssimo desempenho e não parou de cantar, mas deve ter saído do estádio insatisfeita com a exibição. Após o apito final, ela pôde celebrar a vaga, já que Argentina chegou aos seis pontos e não pode mais ser ultrapassada por duas equipes da chave. Na última rodada da primeira fase, os argentinos duelam contra a Nigéria, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. Já os iranianos, castigados pela genialidade de Messi, têm um ponto e duelam também na quarta contra a Bósnia-Herzegovina, na Arena Fonte Nova, em Salvador. Correio

Massa quebra hegemonia da Mercedes e conquista a 1ª pole desde 2008

Felipe Massa vibra com a primeira colocação no treino classificatório Mathias Kniepeiss / Getty Images

O brasileiro Felipe Massa garantiu a pole position do GP da Áustria e quebrou duas escritas de uma só vez na manhã deste sábado. Além de encerrar o domínio da Mercedes em treinos de classificação nesta temporada, o piloto da Williams cravou 1min08s759 no circuito de Spielberg para acabar com longo jejum – desde o GP do Brasil, disputado em 2008. Já eram 93 provas de F-1 sem pole de Massa, que tem 16 na carreira.

A corrida acontece no domingo, às 9h, e terá transmissão em tempo real do UOL Esporte

FORRÓ DO SFREGA GERA 1,5 MIL POSTOS DE TRABALHO EM SENHOR DO BONFIM

Há três meses, a cidade de Senhor do Bonfim, distante 376 km de Salvador, já vive uma rotina agitada. Trabalhadores e máquinas circulam pelas ruas diariamente por conta dos preparativos de uma das principais festas privadas do São João da Bahia: o Forró do Sfrega.  Às vésperas do início do evento, que acontece de 21 a 23 de junho, a organizadora da festa, Gabriela Coutinho, revela que 1,5 mil colaboradores foram contratados ao longo desse período.


A empresária ressalta que a preferência é por trabalhadores do próprio município e de regiões circunvizinhas, como Juazeiro e Petrolina.  “Eles são contratados para trabalhar principalmente na segurança, montagem e iluminação do evento. Além disso, o Sfrega movimenta a economia de toda a cidade, desde o comércio à rede hoteleira, porque atrai muitos turistas”, conta. 

SOBRE O SFREGA
Evento acontece em uma fazenda de 30 mil metros quadrados. Dentre os atrativos estão os três dias de open bar. Três camarotes com estrutura diferenciada. O espaço oferece ao público banheiros, seguranças, fast food, barracas de comidas típicas, brigada de bombeiro, posto médico e policial, além de uma UTI móvel. 

ATRAÇÕES
Com o tema Copa do Mundo, o Forró do Sfrega convocou uma seleção de estrelas para fazer a alegria da galera. Depois de muito tempo fora, a musa do axé, Ivete Sangalo, volta a marcar presença no Baba do Sfrega. Além dela, Jorge e Mateus, Aviões do Forró, Dorgival Dantas, Psirico, Matheus e Kaun, Solteirões do Forró, Seu Maxixe e Targino Godin completam o time.



Ourolândia: Polo do Mármore investe em Segurança do Trabalho

Nos últimos anos as empresas que formam o Polo do Mármore no município de Ourolândia vêm investindo muito para cumprir as exigências legais do Ministério do Trabalho e Emprego, além da regularização junto aos órgãos ambientais.
Empregados da Vieira Mármore
Quem conhece a realidade das indústrias instaladas nesse município sabe que num passado não tão distante, as condições de trabalho eram ainda piores, mas com as constantes fiscalizações e orientações de profissionais da área de saúde, segurança e meio ambiente os empregados tem conseguido ter seus direitos assegurados na sua maioria, e as empresas vem percebendo cada a vez mais a necessidade desse investimento.

Funcionários da Brastone
Cerca de 80 funcionários que prestam serviços a empresas de extração e beneficiamento do mármore Bege Bahia foram treinados e capacitados para executarem suas atividades com segurança no ultimo mês de maio. No curso os participantes aprenderam a identificar os riscos inerentes a cada função, conhecer e aplicar as medidas de controle estabelecidas na NR 12, para o cumprimento das condições mínimas exigíveis garantindo a segurança e integridade física dos operadores de máquinas e equipamentos, em suas diversas etapas, incluindo projeto e utilização sem prejuízo ao que estabelece as demais Normas Regulamentadoras.

Segundo a NR 12
A operação, manutenção, inspeção e demais intervenções em máquinas e equipamentos devem ser realizadas por trabalhadores habilitados, qualificados, capacitados ou autorizados para este fim. Os trabalhadores envolvidos na operação, manutenção, inspeção e demais intervenções em máquinas e equipamentos devem receber capacitação providenciada pelo empregador e compatível com suas funções, que aborde os riscos a que estão expostos e as medidas de proteção existentes e necessárias, nos termos desta norma, para a prevenção de acidentes e doenças.

Ministração do curso
O curso de capacitação foi ministrado pelo Técnico em Segurança do Trabalho, Antonio Carlos Alves, que também é graduado em Tecnologia em Segurança no Trabalho e está prestes a concluir especialização em Prevenção e Controle de Riscos. Bastante conhecido na região por sua atuação como profissional da comunicação em rádios jacobinenses, Antonio Carlos vem buscando se qualificar cada vez mais para atender as demandas do mercado na área de Saúde, Segurança do Trabalho e Meio Ambiente.

Para o Carlos “segurança é uma questão de comportamento” e por isso os cursos e treinamentos devem ser constantes para aprimorar os conhecimentos e motivar os trabalhadores a mudarem seus hábitos e consecutivamente entenderam que segurança do trabalho é uma tarefa de todos e começa por ele próprio.

Se a sua empresa precisa de uma assessoria em segurança do trabalho, fale com Antonio Carlos pelo (74)8101-6575. Fonte: Bahia Urgente

Primeiro dia de festa do São João 2014 na cidade de Mairi

A abertura oficial do Arraiá do Monte Alegre, na cidade de Mairi, aconteceu na noite desta sexta-feira, 20 de junho de 2014, na quadra municipal, com apresentações de quadrilhas, trança fita, dança do arco e muito forró pé de serra.

Uma linda ornamentação foi posta na Quadra Municipal para a concretização das apresentações de quadrilhas e outras danças juninas. Com uma nova roupagem, os grupos, que reuniram idosos, jovens e adolescentes, se apresentaram durante a primeira noite do Arraiá do Monte Alegre, ao som de canções típicas tradicionais, que com muita animação, descontração, organização e criatividade atraíram os visitantes e grande parte da população mairiense.
Incentivando a arte e a cultura, buscando resgatar a tradição do nosso município, a Gestão Municipal 2013-2016 disponibilizou total apoio aos grupos participantes para que fosse possível a realização deste momento forte e popular de manifestação cultural que tão bem identifica o nosso povo.

As quadrilhas e os grupos de dança fizeram lindas apresentações, animando a público presente. Depois, os mairienses e visitantes prestigiaram o autêntico forró no circuito do Arraiá do Monte Alegre, localizado na Avenida Senhor do Bonfim.

Francisco de Assis Leite da Silva, conhecido como Chico Leite, com sua voz afinada, se apresentou no palco 2 animando o público presente com 100% forró pé de serra. No primeiro dia de folia, o prefeito Raimundo Dentista e o vice-prefeito Aliomar Muritiba estiveram presentes no circuito do evento. 
Chico Leite e banda
O prefeito Raimundo Dentista presente na festa
Na cidade, terá festa durante o dia, no calçadão da Praça J.J. Seabra. No palco, a sanfona não vai parar com as apresentações de bandas do autêntico pé de serra. E para esquentar ainda mais o forró, terá a Feira do Licor, na pérgula da praça, para os mairienses e visitantes experimentar vários sabores de licores comuns e cremosos, além dos mais variados tipos de comidas típicas provenientes da região.
Esse ano vem ainda com um diferencial que promete tirar o fôlego e deixar os festejos em Mairi ainda mais bonitos: Uma grande Queima de Fogos iluminará o céu da cidade! Para isso, grandes atrações farão a festa, como Israel Novaes, Cristiano Araújo, Asas Livres, Daniel Vieira, Frank e Alex, Forró é o Cheffe, Mel com Pimenta, Chicabana e muitos outros artistas, que vão garantir o forró e muita animação, no circuito do Arraiá do Monte Alegre, na Avenida Senhor do Bonfim.

Confira a programação:

Sábado, 21 de junho de 2014
Telão / Som Mecânico - Praça
Um Desejo a Mais - Praça
Três Parentes - Praça
Chico Leite - Praça
Frank e Alex - Circuito Principal – Palco 1
Banda Barco Novo - Circuito Principal – Palco 2
Forró É o Cheffe - Circuito Principal – Palco 1
Banda Barco Novo - Circuito Principal – Palco 2
Asas Livres - Circuito Principal – Palco 1
Banda Barco Novo - Circuito Principal – Palco 2
Mel 100 Pimenta - Circuito Principal – Palco

Domingo, 22 de junho de 2014
Telão / Som Mecânico - Praça
Edilan Silva - Praça
Xoxó dos Oito Baixos - Praça
Junior e Kleber - Praça
Léo Rios - Circuito Principal – Palco 2
Cristiano Araújo - Circuito Principal – Palco 1
Forró de Muê - Circuito Principal – Palco 2
Mairi Monte Alegre (Piuex- Plano de Voo) - Circuito Principal – Palco 1

Segunda-feira, 23 de junho de 2014
Telão / Som Mecânico - Praça
Wagner Silva - Praça
Telão – Brasil X Camarões - Praça
Três Parentes - Praça
Daniel Vieira - Circuito Principal – Palco 1
Junior e Cleber - Circuito Principal – Palco 2
Chicabana - Circuito Principal – Palco 1
Junior e Cleber - Circuito Principal – Palco 2
Israel Novaes - Circuito Principal – Palco 1
Junior e Cleber - Circuito Principal – Palco 2

Terça-feira, 24 de junho de 2014
Som Mecânico - Praça
Banda de Flávio - Praça
Astros do Forró - Praça
DJ Adelson - Praça

Do blog Agmar Rios

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Corpo de mulher é encontrado carbonizado em Irecê

O corpo de uma jovem foi encontrado na manhã deste domingo (15), na Rua Joaquim Maria, no Loteamento Fernandes, em Irecê. Segundo a polícia, o corpo de Aldenísia Santos Silva, de 21 anos, estava parcialmente carbonizado e com perfurações na cabeça, provavelmente por arma de fogo. A polícia acredita que ela teria sido morta em outra área e depois levada até a rua onde foi encontrada para ser queimada.  A jovem foi reconhecida por amigos e familiares, que ficaram estarrecidos. A polícia interroga famíliares e amigos da vítima para tentar esclarecer o crime. Nenhum suspeito foi preso até o momento. (Com informações da Caraíbas FM)